Runas: Os Nove Reinos de Yggdrasil

Para alem de poderem ser utilizadas como oráculo, as Runas são uma preciosa ferramenta para o auto conhecimento que nos permite perceber e clarificar processos internos (ou inconscientes) e estar alerta para os desafios com que nos deparamos na nossa "Jornada do Herói" individual.

25

Para alem de poderem ser utilizadas como oráculo, as Runas são uma preciosa ferramenta para o auto conhecimento que nos permite perceber e clarificar processos internos (ou inconscientes) e estar alerta para os desafios com que nos deparamos na nossa “Jornada do Herói” individual.

Description

As Runas, símbolos ancestrais utilizados pelos antigos povos do norte da europa (vikings) provêem de um antigo alfabeto chamado Futhark.

De acordo com a mitologia nórdica, as runas teriam sido reveladas a Ódin enquanto este procurava a iluminação, dependurado na Yggdrasil, a árvore da vida, por nove dias e nove noites.

Para alem de poderem ser utilizadas como oráculo, são uma preciosa ferramenta para o auto conhecimento que nos permite perceber e clarificar processos internos (ou inconscientes) e estar alerta para os desafios com que nos deparamos na nossa “Jornada do Herói” individual.

Localizada no centro do Universo, Yggdrasil, a Árvore da Vida, liga os nove mundos da cosmologia nórdica.

As suas raízes mais profundas encontram-se em Niflheim, mundo sombrio, de gelo eterno e escuridão.
No seu tronco, Midgard, o mundo material dos Homens.
No ponto mais alto, que se imaginava tocar o Sol e a Lua, Asgard, cidade dourada dos deuses guerreiros onde ficaria o Valhala, morada de Ódin.

Nos frutos de Yggdrasil, podemos encontrar todas as respostas às grandes perguntas da Humanidade.
(Mitologia Nórdica).

Os Nove Reinos de Yggdrasil e o seu significado Oracular :

MI – Midgard, o Mundo dos Homens: A Realidade Manifestada. O mundo tangível. Corpo e Ego.

AS – Asgard, o Mundo dos Æsir (deuses guerreiros): Reino da consciência arquetípica. Espiritualidade. Os aspectos velados de uma questão. Assuntos relacionaodos com a honra do individuo. Influências positivas que favorecem o momento presente.

VA – Vanaheim, o mundo dos Vanir (deuses mais “amorosos”) Harmonia, vitalidade e bem-estar. Tudo o que promove crescimento. Relacionamentos sentimentais. As forças que trabalham a favor dos humanos no consciente.

HE – Helheim, o mundo dos mortos: Influencias inconscientes, ou secretas. Desejos escondidos. Influencias negativas do passado que restringem o presente.

SW – Svartalfheim, o mundo dos elfos escuros ou anões:
Memória, emoções, assuntos financeiros, questões sobre as quais de deve reflectir.

AL -Alfheim, o mundo dos elfos luminosos: Planeamento, cognição, intelecto, aspectos mentais, assuntos de família.

JO – Jotunheim, o mundo dos gigantes de rocha e de gelo: Crises, mudanças, oportunidades. Representam as forças que trabalham contra o individuo.

NI – Niflheim, o mundo de gelo eterno: Influencias restritivas. Coisas que nao sao o que parecem.

MU – Muspelheim, o mundo de fogo: Influencias activas externas. O que o destino quer de nós.

Relatório em PDF enviado por E-mail.

 

Exemplo de uma Leitura de Runas:

Runas

Marcação de Consultas e outras informações: