Júpiter em trânsito na cúspide da casa 11 em Aquário

Há vários meses que as minhas pesquisas incidem sobre o trabalho (e legado) da astróloga inglesa Pamela Crane.
Responsável por, nos anos 70, divulgar uma técnica de interpretação baseada nos nodos lunares (zodíaco draconico) um pouco por todo o mundo.
Hoje em dia Mrs. Crane vive uma existência tranquila na sua casa no país de Gales, afastada dos holofotes e do “main stream”.
Por algum motivo, esta prática não tem muita expressão nos dias de hoje, especialmente o Sistema Astrológico InterDimensional, que apesar da sua complexidade, mudou radicalmente a minha forma de fazer Astrologia.
Este sistema é desenvolvido através da integração de vários círculos zodiacais interligados: heliocêntrico, tropical, draconico e sideral –  que assim permitem perceber “subtilezas de alma” que seriam impossíveis de observar através de um mapa natal comum.
Hoje, tive a felicidade de encontrar online a minha querida mentora e trocar mensagens com ela.
Foi uma experiência lindíssima, muito emocionante.
É uma pessoa tão doce e generosa como eu imaginava.
De coração cheio. 💙
Para quem tiver curiosidade em conhecer um pouco mais sobre o  trabalho desta excelente astróloga, deixo o link para The Adveturous Astrologer, o seu site.
Uma plataforma bastante completa, com inúmeros artigos e demostrações práticas…que nos dá uma vontade irresistível de parar tudo… e ir a correr experimentar!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *